terça-feira, 17 de outubro de 2017

Vem ai mais um Desafio de São Pedro

🔛🏃‍♂️DESAFIO DOM PEDRO II 🏃‍♂️ 2017 com muita novidade!
Corrida Kids 02 a 11 anos.
Troféu para todas as categorias.
Categoria de 5 em 5 anos.

Inscrições abertas na internet:https://www.sympla.com.br/desafio-dom-pedro-ii__198532

JIMI 2017 - A despedida



Dias 14 e 15 de outubro rolou em Lavras a final das modalidades individuais no JIMI, Jogos do Interior de Minas, estive presente representando Lafaiete no ciclismo na verdade participei apenas da prova de mountain bike dia 14 pois no dia seguinte eu tinha outro compromisso em Lafaiete.
Em Lavras estivemos com uma equipe pequena praticamente formada por veteranos que representam o município deste sempre nesta modalidade, 2 jovens atletas de Barbacena participaram nos representando sendo que apenas estes eram jovens, promessa do esporte.
Em um circuito extremamente divertido, fomos obrigados a trabalhar intensamente pois as provas de mtb hoje em dia são bem mais curtas, em Lavras a disputa foi no estilo XCC ou seja cross country curto.
A pista tinha apenas 2.3km, o naipe feminino rodou 45 minutos mais 1 volta já o masculino 60 minutos mais uma volta.
No JIMI não existe categoria, são todos contra todos, no naipe masculino tivemos pouco mais de 40 atletas.
A largada aconteceu as 9:30min, me posicionei bem larguei forte e logo achei meu ritmo, bati cabeça durante toda a prova pois não tenho competido mountain bike nos últimos meses assim os trechos mais técnicos eram um desafio a mais mesmo assim me mantive no top 8 durante toda a disputa, esta colocação era importante pois só marca pontos os 8 primeiros.
No final terminei a prova na 5º colocação e feliz por ter contribuído mais um pouco para colocar nossa Lafaiete em evidência.
Neste dia Lafaiete terminou o dia na 2º colocação no naipe masculino e na 3ª colocação no naipe feminino, mais uma vez os organizadores dos jogos sem perdem e mudam o regulamento, voltamos ao critério antigo e agora as para ser campeão precisa somar a pontuação do mtb e do ciclismo de estrada.
Durante minha passagem por mais este JIMI refleti bastante sobre a situação do ciclismo coletivo Lafaietense, sobre as regras do JIMI e sobre o que já fiz nesta evento, cheguei a conclusão que passou da hora de uma renovação, nós que já fomos campeões gerais por alguns anos precisamos urgentemente que o coletivo volte a falar mais alto que o individual e precisamos também que os atletas mais jovens se interesse por representar nosso município, Lafaiete ao meu ver tem próximo de 100 atletas treinando e competindo regularmente durante todo o ano, mas nos jogos 2017 apenas 5 participaram, inclusive estes 5 são todos veteranos e estiveram presente na estreia do ciclismo nos jogos em 1997, cadê a rapaziada?.
Depois de 20 anos participando do JIMI, fiz minha despedida nesta última disputa, me sinto em condições de continuar participando e conquistando pontos em busca de um resultado maior porém não quero mais, vou passar o bastão para frente para que outros atletas caso tenham interesse nos represente a altura.
1997 foi minha estreia, 2017 minha despedida, 20 anos de JIMI, muitas conquistas e muitas emoções compartilhadas.



quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Brazil Training Camp 2017

Dias 6 e 7 de outubro estive em Campos do Jordão participando do 2º BTC - Brasil Training Camp, um evento realizado para contribuir com o desenvolvimento do trail running nacional.
Um final de semana muito legal com experiências e conhecimentos compartilhados, por lá ensinei e aprendi e com certeza evolui um pouco mais na modalidade.
A cobertura principalmente de imagens você pode acompanhar no neste link www.adventuremag.com.br









segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Circuito Cross Duathlon 2017


Vem ai mais uma edição do Circuito Cross Duathlon em Lafaiete, atualmente não estou preparado para uma prova de duathlon de qualquer forma irei prestigiar mais uma vez este belo evento organizado pelos amigos Fabiano e Dulce Fernandes. 
Veja informações da prova
Inscrições para 3° Edição Circuito Cross Duathlon já estão abertas garanta logo a sua com valor PROMOCIONAL. Inscrições na loja Cia da Saúde - Rua Tavares de Melo 630 no Centro de Lafaiete (em frente a FOB) ou pelo link http://www.cronochip.com.br/index.php/2017/09/19/circuito-cross-duathlon-3-edicao/

NOVIDADE CORRIDA KIDS DE 4 A 12 ANOS VALOR INSCRIÇÃO 20 REAIS + 1L DE LEITE
KIT KIDS COM CAMISA DO EVENTO MEDALHA DE PARTICIPAÇÃO

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

OCC 2017 - Minha participação

Mais uma vez estive presente em um dos maiores evento de trail running mundial a Ultra Trail du Mont Blanc.
A prova que tradicionalmente e disputada na última semana de agosto contouu este ano com mais de 7 mil atletas divididos nas suas 5 provas, eu novamente fui na OCC que teve nesta edição uma distância de 55km com 3500 metros de desnível positivo.
Com uma lista de inscritos ainda mais forte do que em 2016, cerca de 150 atletas formaram o pelotão de elite e mais uns 1500 atletas no pelotão geral, todos se espremendo nas estreitas ruas de Orsìeres cidade Suíça onde e feito a largada.
Agora com a experiência de já ter viajado para esta região o caminho ficou mais fácil e a logística também desta forma a viagem bem como os dias que antecederam a prova foram super tranquilos.
Logo que cheguei em Chamonix já recebi da organização informações sobre o clima, apesar de ser verão na Europa a previsão para o dia da minha prova era de frio, chuva e também neve em alguma pontos mais altos nas montanha assim fiquei na expectativa e fui me preparando para as adversidades climáticas que estavam por vir.
No dia 31 de agosto saímos de Chamonix ainda de madrugada, fomos levados para Orsìeres no transporte da organização, o clima estava agradável e sem chuva porém ao chegarmos no ponto de largada já era possível perceber a mudança do clima e ver que a chuva iria começar a qualquer momento.
Despachei as coisas que não iria usar e logo fui me concentrar para largada, com o privilégio de largar na elite devido a minha pontuação no ranking internacional de performance fiquei tranquilo e relaxado e fui vendo os meus ídolos se alinharem ao meu lado para a disputa, todos alinhado e faltando 5 minutos para o começo da prova a chuva começou e assim foi durante todo o dia.
Largamos e logo entramos nas primeiras montanhas, procurei fazer uma prova mais controlada este ano, minha meta era de acelerar do meio para o final da disputa porém com uma hora de prova eu comecei a me sentir travado mesmo controlando o ritmo minhas pernas estavam pesadas acredito que isso tenha ocorrido devido a uma pequena lesão que tive na panturrilha direita bem no final da preparação, na ocasião fui obrigado a ficar alguns dias sem treinos de corrida para me recuperar a tempo a sensação era de que eu estava sem ritmo de prova mas segui em frente.
Toda altimetria que conquistamos subindo temos que descer depois e justamente ai foi onde perdi mais tempo, não tenho habilidade técnica para descer rápido em trechos de pedras escorregadias já a maioria dos europeus não tomam conhecimento desses trechos técnicos, os caras voam no molhado assim como no seco isso deve ser devido a quantidade de provas que eles fazem durante toda temporada neste tipo de piso.  
No perde e ganha de posições ainda enfrentei algo mais difícil na prova, na montanha que se chama Catogne justamente na divisa de Suíça e França enfrentamos chuva muito forte e ventos gelados onde foi necessário sacar da mochila a jaqueta especial para este tipo de clima esta jaqueta inclusive e um item obrigatório para todos os atletas.
Ao final terminei a prova longe do tempo feito em 2016, marquei pouco mais de 6h19min, fui o 51º no geral e 8º na categoria veteranos 1, mas a experiência foi das melhores o aprendizado foi grande e tenho certeza que apesar de não ter conquistado meus objetivos pessoais fiz uma grande disputa.
Ainda em Chamonix durante o pós prova resolvi que em 2018 estarei de volta porém irei em outra prova, pretendo disputar a CCC que sai da Itália passa por Suíça e tem sua chegada em Chamonix, esta prova tem tradicionalmente 101 km.
Gostaria de agradecer meus patrocinadores que são o Clube Recreativo Dom Pedro II e a Kailash, meus apoiadores UPFIT Assessoria Esportiva, Trifosfato, 361º, TomTom e NiHumana.
Agradeço também meus companheiros de viagem Orlando Yamanaka e Ivan Pires, obrigado aos amigos e anônimos que sempre torcem por mim e que mais uma vez me enviaram muitas mensagem positivas durante minha passagem pela França, 2018 tem mais. 
Abaixo algumas imagens de minha viagem e prova.





































by by Chamonix, até 2018