quarta-feira, 28 de agosto de 2019

De volta ao duathlon

Próximo sábado estarei em Pará de Minas participando de um cross duathlon que acontece dentro do Festival Centro Oeste de Esporte, eu simplesmente me amarro em provas de duathlon pois esta modalidade uni minhas duas paixões a bike e a corrida.
Em Pará de Minas meu único compromisso será com a diversão, nada de preocupação com performance e ou resultado pois além de ter apenas 6 dias pós maratona tbm estou sem treinar de forma específica para modalidade, um motivo importante para eu participar do Festival Esportivo se deve ao fato de por encontrar com amigos da Fraleon Esportes e também outros tantos de Pará de Minas que sempre são muito receptivos quando nos encontramos.
Então e isso, se liga nas próximas postas pois estarei compartilhando por aqui minha participação nesta prova.

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Maratona de Floripa 2019

Mais uma grande disputa na temporada 2019, estive em Florianópolis no último dia 25 de agosto para participar de mais uma maratona, desta vez fui conhecer a Maratona Internacional de Florianópolis uma competição muito bem organizada é uma prova propicia a grandes marcas devido ao percurso praticamente plano e clima agradável, este ano esteve na casa dos 15 graus e sem vento.
Com cerca de 10 mil atletas inscritos divididos nas distâncias de 5, 10, 21 e 42 km, as largadas foram escalonadas com a elite feminina e portadores de necessidades especiais as 6 horas da manhã e 10 minutos depois a elite masculina bem como o pelotão geral, as distâncias menores largaram 30 minutos depois.
O dia começava a clarear quando foi dado o tiro de largada, alguns atletas da elite saíram em um ritmo bem mais rápido do que eu pretendia, desta forma fiquei no segundo pelotão que por sinal não corria em bloco, estes atletas seguiam em uma espécie de fila indiana uns bem próximos dos outros...
Na altura do km 10 eu me encontrava na 11º posição geral, eu consegui monitorar meu posicionamento devido a prova cruzar algumas vezes em pistas paralelas e também por me posicionar desde o início entre os primeiros, nesta altura da prova o espaçamento entre os atletas já era maior, fui ganhando posições gradativamente até ocupar a 6ª colocação, me mantive por ali até cruzar a linha de chegada, com esta posição eu fui o campeão da categoria 40/44 anos e subi ao pódio para receber uma premiação.
Cruzei a linha de chegada em Florianópolis com tempo de 02:35:25" tempo bem acima do meu recorde pessoal mas que ainda assim me colocou em uma posição privilegiada na disputa, conseguir alcançar grandes marcas e ou tempos baixos vai muito além de estar preparado fisicamente e psicologicamente, para esta maratona minha estratégia era de fazer a primeira metade em um ritmo conservado e acelerar um pouco mais na segunda metade porém isso não foi possível uma vez que depois dos 35 km eu não consegui manter um pace veloz, de qualquer forma voltei pra casa feliz pois fiquei entre os melhores (top 10 no geral), consegui um pódio na categoria e também consegui entregar meu máximo para aquele dia cruzando a linha de chegada com tanque vazio, não tinha mais nada a se fazer.
Apesar de não ser nenhum garoto seguirei com plano de correr uma maratona com tempo inferior a 150 minutos, quem sabe em 2020.
Agradeço meus patrocinadores Clube Recreativo Dom Pedro II, Kailash, Cia da Saúde Lafaiete os apoiadores Gravetos Gipron, 4X Assessoria Esportiva, Julio Borba Fisio, Trifosfato, Espaço Life e também ao meu treinador Guilherme de Agostini por me deixar em condições ideais para as grandes disputas da temporada, sem todo o comprometimento dos patrocinadores apoiadores e também do meu treinador eu não estaria até os dias de hoje conseguindo importantes resultados.
Um muito obrigado também para os amigos da mídia que sempre divulgam meus resultados.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Faltam 6 dias para Maratona de Floripa

No próximo dia 25 de agosto estarei em Florianópolis para estrear em uma das mais tradicionais corridas de rua do Brasil a Maratona Internacional de Florianópolis.
A distância de 42 km com certeza e uma das mais emblemáticas do atletismo mundial, sua história inicial que data o ano de 490 a.c motiva ao longo dos tempos milhares de aspirantes a maratonista além e claro centenas de atletas profissionais em busca da glória na maratona.
Eu tenho desejos mais terrenos, meu melhor tempo em uma maratona de rua esta na casa de 02:31:24" conquistado em 2014 na Maratona do Rio de Janeiro desta forma meu desejo e apenas de fazer algo melhor que isso, já meu sonho para esta distância e conseguir correr em qualquer tempo abaixo de 02:30:00" parece fácil devido a diferença pequena porém para conseguir melhorar meu tempo em 84 segundos tenho um trabalho duro para ser realizado. 
A largada da maratona de Florianópolis acontece no próximo domingo dia 25 de agosto as 6 horas da manhã na Avenida Beira Mar Norte.
Minha preparação foi muito boa preciso torcer para acordar em um dia de inspiração nas alturas pois em se tratando de bater recorde pessoal tudo tem que sair perfeito.
Agradeço aos meus patrocinadores o Clube Recreativo Dom Pedro II, Kailash, Cia da Saúde Lafaiete, Gravetos Gipron, 4X Assessoria Esportiva, Júlio Borba Fisio, Espaço Life e a Trifosfato pelo apoio incondicional para me proporcionar a participação nos melhores eventos esportivos do Brasil e alguns internacionais, um muito obrigado para os amigos da mídia que sempre fazer a divulgação de meus resultados.

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Reta final para Maratona de Floripa

Reta final na preparação para Maratona de Floripa 2019, vou fazer minha estréia nesta prova de 42 km onde ainda tenho planos de conseguir um sub 15 minutos.
Neste sábado e domingo tenho dois treinos mais longos onde farei amanhã 10 km matinal e 15 km no final da tarde início da noite, entre os treinos de corrida vai um rolé de bike, já no domingo contrariando um pouco o que foi prescrito pelo meu treinador farei uma rodagem contínua entre 25/30 km, vou aproveitar para testar a suplementação, tênis, meia e também o uniforme que pretendo usar além de iniciar o treino as 06:10am mesmo horário da largada em Floripa.
Me sinto bem, mas ainda me falta confiança para atacar todos estes km com a intensidade alta de qualquer forma tenho alguns dias para ajustar as coisas e fazer um grande prova no dia 25 de agosto.

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Pico da Bandeira 2019

Depois de muito adiar finalmente eu conhecer neste mês de agosto conhecer o espetacular Pico da Bandeira bela montanha que faz divisa com Minas Gerais e Espirito Santo e tem seu imponente ponto alto a exatos 2892 metros acima do nível do mar.
Nosso acesso foi pelo lado mineiro, nós hospedamos na cidade de Alto Caparaó de sexta para sábado, já no sábado partimos para um camp  que foi bem legal, agradecimento especial ao amigo Thiago por me apresentar este lugar encantador, chega de blá blá blá e vamos as imagens que não foram das melhores pois muitas nuvens impediram os registros durante todo o final de semana mas ainda assim foi legal demais.











































quarta-feira, 7 de agosto de 2019

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Faccat Trail Running - Uma prova perfeita




Faccat Trail Running, pra mim esta prova junto com a seletiva para o mundial que aconteceu em São Bento do Sapucaí foram e serão as provas mais disputadas em território nacional nesta temporada.
Disputa definitivamente nível nacional, 7 dos 12 atletas que estiveram defendendo o Brasil no Mundial 2019 estavam alinhados desses, 6 estavam na categoria masculina ou seja a seleção nacional estava presente.
Tínhamos uma jornada de 57 km e 2300+ (segundo meu GPS) muitos julgavam esta prova relativamente fácil pois o ganho de elevação não seria grande para distância porém o que se viu foi um cenário totalmente diferente, a prova foi dura, foi truncada e foi extremamente disputada, em poucas oportunidades na minha pequena carreira esportiva eu tive oportunidade de assistir uma disputa como esta.
Eu fiz uma prova muito boa, me mantive no top 5 desde a largada foi difícil me manter por ali pois a troca de posições era grande, no final arranquei um 4 lugar geral, senti o pouco volume das últimas semanas mas creio que de qualquer forma não seria fácil desbancar o trio Willas, Silvestrin, Sandro... molecada tá voando.
Penso que mais atletas deveriam comprar esta ideia, participar da Faccat deveria ser uma meta para 2020, só para citar alguns detalhes importantes a organização inovou com uma cronometragem que era possível acompanhar em tempo real no mundo inteiro via internet, eles criaram um segmento premiado no meio da prova e também não mediram esforços para ter um start list forte e assim colocar a Faccat em evidência com a participação da elite nacional.
Fatores importantíssimo para todos, marcação perfeita, horários seguidos a risca, respeito com os atletas durante todo o final de semana, staff atencioso, alimentação no pós prova perfeita inclusive esta se estendia a acompanhantes era só chegar e comer, pontos de apoios bem distribuídos com hidratação e comida farta... poxa, o que eu posso falar mais? 
Mas a Faccat tem um ponto negativo, infelizmente ela acontece uma vez só por ano.
Aqui foi só elogios pois não posso criticar o que foi bom pra mim porém posso fazer uma critica construtiva em alguma falha que eu tenha visto mas isso não aconteceu, sei que alguns atletas podem ter tido problemas, podem não ter gostado de algo esses sim devem procurar a organização e pontuar suas vivências para uma possível melhora em 2020.
Aos organizadores da Faccat eu só posso dizer um muito obrigado, desejo saúde plena para este evento que esta entre os melhores do Brasil.     
Só a título de curiosidade a Indomit Pedra do Baú que foi seletiva para o mundial teve na edição 2019 50km com 3000+ o vencedor completou a prova com tempo de 05:05:15" todos comentaram sobre a dificuldade desta disputa já a Faccat teve uma distância de 57km com 2300+ seu vencedor completou a prova com tempo de 05:07:21" levando-se em conta que a elite nacional estava em ambas as disputas e também essa diferença mínima de tempo entre os campeões das duas provas será mesmo que podemos dizer que a Faccat e uma prova fácil ? fica a reflexão.

 Willas, pé de vento que veio da terra do Pequi.
Só gente do BEM
 Pódio nível HARD
 Sofri para terminar

 Trecho final do seguimento premiado

 Plantação de pedras