sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

SS 2010 reta final


Estamos agora a poucas horas de mais uma SS, o mais legal e que as medalhas de participação já foram entregue como todos já devem ter conhecimento pela mídia, pra mim um simples detalhe.
Esperamos uma boa prova e se Deus quiser irá correr tudo bem.
Meu número e o 302, lagarei na Elite B e espero fazer um tempo menor que em 2009 quando completei a prova com tempo de 51:30".
Agora desejo a todos um Feliz Ano Novo e em 2011 posto mais fotos e informaçoes de minha prova.


Tadeu, Ademar, Jeferson, Ernani e Nilzio Lafaietenses na SS 2010.

Verificando o local da chegada hoje de manhã

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Faltam 3 dias para a 86ª SS


Esta chegando a hora, amanhã a noite sigo para SP para disputar minha 4ª São Silvestre e pelo segundo ano consecutivo irei largar na Elite junto com os monstros do atletismo nacional e cerca de 28 africanos.
Para esta edição a Yescom organizadora do evento selecionou apenas 142 atletas para largar na Elite e eu recebi um e-mail dizendo que serei um desses felizardos, como só acredito vendo ficarei ainda na expectativa até pegar meu kit pois ano passado também recebi a autorização mas na hora de pegar meu kit tinha um responsável técnico querendo me barrar porém acabou tudo bem.
Ano passado fui o 80º no geral com um tempo líquido de 51:31"se conseguir melhorar este tempo pra mim já será uma vitória.
Então e isso, breve postarei mais informações sobre minha viagem para SP e informações sobre minha participação.
Abaixo informações divulgadas pelo organizador ontem via e-mail


86ª São Silvestre tem atletas de todos os estados brasileiros

São Paulo tem a liderança entre os participantes. Minas Gerais ultrapassa Rio de Janeiro e é o segundo estado com mais corredores. Elite tem 142 atletas

São Paulo (SP) - A 86ª São Silvestre terá participantes dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal, a exemplo do que ocorreu na edição passada. A principal corrida da América Latina será realizada no próximo dia 31, em São Paulo, e contará ainda com competidores de mais 8 países, entre 28 corredores de Elite convidados pela organização.

O estado sede do evento terá 15.920 participantes, totalizando 75,81% dos 21 mil inscritos. Minas Gerais assumiu a segunda posição, com 905 corredores ( 4,31% do total), em relação ao ano passado, ultrapassando o Rio de Janeiro, que aparece em terceiro com 888 atletas (4,23%), seguido do Paraná com 540 (2,57%) e Distrito Federal com 416 (1,98%). A menor participação é do Acre, com 9 representantes.

A Elite masculina e feminina da 86ª São Silvestre terá 142 atletas. Os 114 brasileiros foram indicados pelo ranking e índice técnico da Confederação Brasileira de Atletismo, que também convidou 11 representantes da América do Sul - Colômbia, Uruguai, Chile e Equador. Os 17 africanos do Quênia, Tanzânia, Etiópia e Marrocos, são os favoritos ao título.

"Estes dados são importantes para mensurarmos a importância da prova. Teremos atletas de todas as partes do Brasil e de países com tradição na corrida de rua prestigiando a São Silvestre", comemorou Kassabian, diretor de operações da prova.

Lista de participantes por estados
SP - 15.920 - 75,81%
MG - 905 - 4,31%
RJ - 888 - 4,23%
PR - 540 - 2,57%
DF - 416 - 1,98%
SC - 361 - 1,72%
PE - 250 - 1,19%
BA - 216 - 1,03%
CE - 202 - 0,96%
RS - 193 - 0,92%
ES - 148 - 0,70%
GO - 128 - 0,61%
TO - 107 - 0,51%
SE - 97 - 0,46%
MS - 88 - 0,42%
MA - 82 - 0,39%
PA - 76 - 0,36%
AM - 67 - 0,32%
RN - 61 - 0,29%
MT - 59 - 0,28%
AL - 55 - 0,26%
PB - 42 - 0,21%
RO - 34 - 0,17%
Elite estrangeira - 28 - 0,13%
PI - 22 - 0,11%
AP - 21 - 0,10%
RR - 13 - 0,06%
AC - 9 - 0,04%

Elite começa a chegar a São Paulo - A maioria dos atletas de Elite desta edição chegará a São Paulo na quarta-feira (29). Poucos corredores desembarcarão na terça-feira, a partir do final da tarde. São os casos da melhor brasileira classificada no ano passado, Marily dos Santos, terceira colocada, das quenianas Eunice Kirwa, campeã da Meia Maratona do Rio de 2010, e Alice Timbilili, campeã de 2007, e da etíope Zerf Worku Boku. O bicampeão da prova, em 2008 e 2009, James Kwambai, do Quênia, desembarca na noite desta terça-feira.

No dia 30, quinta-feira, está programada a coletiva oficial da 86ª São Silvestre com a participação dos principais favoritos. O encontro será no Hilton Morumbi (av. Nações Unidas, 12901). O café da manhã começa às 9 horas e a coletiva às 10 horas. Na oportunidade, os jornalistas que cobrirão a prova receberão suas credenciais.

A competição terá os seguintes horários de largada: 14h45 - cadeirantes; 14h50 - outras categorias de atletas com deficiência; 16h30 - elite feminina; e 16h47 - elite masculina e demais categorias. O percurso é o mesmo das últimas temporadas, com total de 15 quilômetros. A largada será dada em frente ao Masp (Avenida Paulista, 1578) e a chegada ocorrerá em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero (Avenida Paulista, 900).

Entrega de kits e chip descartável - Os kits de participação, compostos de camiseta da competição, do manual do atleta e do número de peito, além do chip e medalha de participação, serão entregues nesta terça e quarta-feiras (dias 28 e 29), das 9h as 19h, e na quinta-feira (30), das 9h as 17h, no Ginásio Mauro Pinheiro, na rua Abílio Soares, 1.300, no Ibirapuera. Como todos os anos, o material não será entregue no dia da prova, nem após a mesma.

Uma das novidades desta edição é a adoção do chip descartável, entregue junto com a medalha de participação no kit do atleta. O objetivo dos organizadores é aumentar a rapidez na dispersão dos corredores na chegada da prova, em função do grande fluxo de pessoas na avenida Paulista por conta da São Silvestre e Reveillon, oferecendo maior segurança e conforto a todos os participantes dentro do novo projeto de urbanização da região.

Até o ano passado, os atletas ficavam numa fila, que passava por uma área de um estacionamento, para devolver o chip e pegar a medalha. Como a devolução era obrigatória, pois o chip era emprestado, gerava dificuldades de dispersão . A partir deste ano, o estacionamento tem um projeto de edificação já anunciado e não existe outra área apropriada para este fim que possa garantir a circulação e segurança do publico. Além disso, no mesmo local estarão circulando no horário de transição da São Silvestre para o Reveillon mais de 100 mil pessoas entre os participantes da São Silvestre e aqueles que chegam para o Reveillon na Paulista.

Com a mudança, ao final da corrida, todos estão liberados, facilitando a dispersão e promovendo a segurança uma vez que os dois eventos ocupam a mesma região. Quem quiser pode ir para casa ou procurar por sua escolha postos de água e lanche, distribuídos em pontos individuais e isolados, ou mesmo dirigir-se diretamente ao guarda-volumes para pegar seus pertences, quando utilizarem este apoio. Em função da necessidade de fluxo de pessoas e da promoção da segurança o guarda-volumes também mudou. Agora será concentrado em 20 caminhões Correio/Sedex estacionados na rua São Carlos do Pinhal, a partir da alameda Campinas até próximo da rua Augusta.

"Todas essas mudanças foram feitas para promover a segurança e o conforto do corredor e público espectador. O Comitê Organizador da São Silvestre e do Reveillon, em conjunto com o CET e Polícia Militar, estudaram todas as alternativas de fluxo da região com critérios baseados na segurança do público, circulação, suporte médico durante a prova, acesso do público ao Reveillon e todo o processo de transição das pessoas da São Silvestre para o Reveillon. Também não poderíamos usar todas as vias da região para montar a infraestrutura pós prova, pois sufocaríamos o trânsito, prejudicando empresas e moradores", resssaltou Kassabian, diretor de operações da São Silvestre.

Inovações tecnológicas - Além do chip descartável, outras inovações tecnológicas darão mais conforto ao corredor. Os atletas receberão o número de peito por e-mail, facilitando no momento de entrega dos kits. O site www.saosilvestre.com.br terá atrações como vídeos de 30 segundos, disponibilizado para download gratuito de todos os participantes que completarem a prova.

Os interessados também poderão comprar fotos que marcam a chegada de cada um. Além disso, todos que concluírem a prova poderão fazer download de um certificado digital, após a publicação do resultado oficial. Quem estiver cadastrado no www.clubedoscorredores.com.br poderá saber sua posição geral da temporada, após o término da corrida.

Novo esquema de fechamento do trânsito - Para facilitar a logística, serão promovidas algumas mudanças no trânsito. Até o ano passado, a interdição de vias na região começava às 10 horas do dia 31. Em 2010, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) começará a intervir a partir da primeira hora do dia, para que, às 14 horas, todo o percurso esteja bloqueado para veículos.

A partir de 1 hora do dia 31, serão interditadas a avenida Paulista (sentido Paraíso/Consolação, no trecho ente as ruas Teixeira da Silva e Peixoto Gomide. A alameda Campinas terá o trânsito de veículos impedido entre a avenida Paulista e a rua São Carlos do Pinhal.

A partir das 10 horas, a Paulista ficará fechada na direção Paraíso/ Consolação entre as ruas Peixoto Gomide e Frei Caneca e, no sentido contrário, entre as ruas Padre João Manoel e a alameda Joaquim Eugênio de Lima. Às 13h30, ocorre a interdição, em ambas as direções, das ruas Padre João Manoel e rua da Consolação. Vale lembrar que, a partir dos horários informados, a entrada de veículos na avenida Paulista nos trechos citados estará proibida. Será viabilizada apenas a saída dos veículos estacionados nos prédios localizados nessa via até o horário máximo das 14h00.

A São Silvestre é uma realização da Fundação Cásper Líbero e promoção da Gazeta Esportiva Net e Rede Globo. A prova tem patrocínio da Caixa e Oi com apoio de HCor, Montevérgine, Gatorade e Café 3 Corações, e apoio especial do Governo do Estado de São Paulo e da Prefeitura de São Paulo. A supervisão é da CBAt, FPA, IAAF e AIMS.

Mais informações no site www.saosilvestre.com.br
Siga a Yescom no twitter: www.twitter.com/yescom


quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Feliz Natal.

Um Feliz Natal a todos (as) que acompanham meu blog e os que não acompanham também.

domingo, 19 de dezembro de 2010

5ª Rústica de Capela Nova

Edson eu e Thiago
Hoje fiz minha última prova antes da SS, estive com meus filhos, esposa e amigos na tranquila cidade de Capela Nova onde aconteceu a 5ª edição da Corrida Rústica de Capela Nova e para minha felicidade eu consegui ser o campeão pela 4ª vez consecutiva, lembrando ainda que não participei da 1ª edição.
A largada aconteceu por volta de 10 horas assim o maior adversários para todos os atletas foi justamente o sol, pois o percurso não e dos mais fáceis tendo várias subidas longas e íngremes em seus cerca de 10,8km aproximadamente, no final deu tudo certo e agora e só continuar neste ritmo para fazer uma grande prova no dia 31 de dezembro.
Falando em SS na sexta feira passada recebi o e-mail da organização me autorizando a largar na elite B desta importante prova nacional, fiquei feliz pois não preciso chegar tão cedo na largada muito menos ficar me espremendo em meio a multidão aguardando o tiro de largada, sei também que largar na elite A e ou B não e sinonimo de chegar bem, de ter um grande resultado pois para isso e preciso treinar muito e estar preparado para todos os obstáculos do circuito inclusive não forçar demais no ponto que parece ser o mais fácil que são os 5km iniciais.
Agora e isso, treinar, Natal, treinar mais um pouquinho e seguir para São Paulo no dia 29.
Esposa e eu

Luciano 3º eu em 1º e Altair 2º

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Novidades na São Silvestre 2010


86ª São Silvestre tem novidades

Chip descartável, nova logística de guarda-volumes, fechamento do trânsito e entrega de kits são algumas das inovações da corrida do dia 31


São Paulo (SP) - A 86ª Corrida Internacional de São Silvestre, que será disputada mais uma vez no último dia do ano, em São Paulo, com transmissão pela Rede Globo e TV Gazeta, terá novidades para facilitar a participação dos 21 mil atletas inscritos na prova mais importante da América Latina. A disputa de 15 quilômetros começa às 14h45 para os atletas com deficiência. As mulheres saem às 16h30 e os homens, às 16h47. A largada será na avenida Paulista, em frente ao Masp, com a chegada na mesma avenida em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero, respectivamente.

A principal inovação desta edição será o uso de chips descartáveis pelos competidores. Eles serão entregues aos inscritos no kit do atleta. O chip vem colado numa fita plástica de 10 x 2 cm, preparado para ser preso ao cadarço do tênis e não é mais preciso devolvê-lo ao final da prova. Outra novidade é a entrega da medalha de participação no kit. Com isso, ao final da corrida, o atleta poderá dirigir-se direto ao guarda-volumes pegar seus pertences e comemorar o final de ano com mais conforto. Na chegada todos receberão água e lanche.

"O processo do chip descartável foi testado recentemente em duas provas, a Corrida da Paz e a Mudando o Diabetes, com ótimos resultados. Ganhamos um bom tempo na logística de dispersão no final desses eventos e temos certeza de que resolveremos uma das maiores dificuldades da São Silvestre, que é o acúmulo de pessoas na chegada para entregar o chip e retirar a medalha de participação", Manuel Garcia Arroyo, o "Vasco", diretor técnico diretor da prova.

Entrega de kits - Os kits de participação, compostos de camiseta da competição, do manual do atleta e do número de peito, além do chip e medalha de participação, serão entregues nos dias 28 e 29 de dezembro, das 9h as 19h, e no dia 30 de dezembro das 9h as 17h, no Ginásio Mauro Pinheiro, localizado na rua Abílio Soares, 1.300, no Ibirapuera. Como todos os anos, o material não será entregue no dia da prova, nem após a mesma.

Para retirar o kit do atleta é necessário apresentar documento de identidade, com foto, e comprovante de pagamento ou boleto bancário de inscrição original. Esse comprovante é retido na entrega do kit. Os técnicos e administradores de equipes têm de levar os comprovantes de todos os atletas organizados e já ordenados para agilizar o atendimento.

Na questão da hidratação, os corredores terão postos de água nos quilômetros 4, 7, 10, 12,5, 14,5 e na chegada no km 15. No quilômetro 12 haverá um posto com isotônico Gatorade.

Outra informação importante é que o guarda-volumes, que ficava em um estacionamento próximo à largada e à chegada na própria avenida Paulista, este ano ficará instalado na rua São Carlos de Pinhal, no quarteirão atrás do prédio da Fundação Cásper Líbero, em 20 caminhões disponibilizados pelos Correios/ Sedex.

Novo esquema de fechamento do trânsito - Para facilitar a logística, serão promovidas algumas mudanças no trânsito. Até o ano passado, a interdição de vias na região começava às 10 horas do dia 31. Em 2010, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) começará a intervir a partir da primeira hora do dia, para que, às 14 horas, todo o percurso esteja bloqueado para veículos. "Teremos 200 homens trabalhando entre a São Silvestre e o Reveillon. Já está tudo pronto e o planejamento foi bem feito. Conforme o andamento dos eventos, faremos os ajustes necessários, o que é normal", informou Wlamir Lopes da Costa, coordenador de operações da CET, ao site oficial da São Silvestre .

A partir de 1 hora do dia 31, serão interditadas a avenida Paulista (sentido Paraíso/Consolação, no trecho ente as ruas Teixeira da Silva e Peixoto Gomide. A alameda Campinas terá o trânsito de veículos impedido entre a avenida Paulista e a rua São Carlos do Pinhal. A partir das 10 horas, a Paulista ficará fechada na direção Paraíso/ Consolação entre as ruas Peixoto Gomide e Frei Caneca e, no sentido contrário, entre as ruas Padre João Manoel e a alameda Joaquim Eugênio de Lima.

Às 13h30, ocorre a interdição, em ambas as direções, das ruas Padre João Manoel e rua da Consolação. Vale lembrar que, a partir dos horários informados, a entrada de veículos na avenida Paulista nos trechos citados estará proibida. Será viabilizada apenas a saída dos veículos estacionados nos prédios localizados nessa via até o horário máximo das 14h00.

A São Silvestre é uma realização da Fundação Cásper Líbero e promoção da Gazeta Esportiva Net e Rede Globo. A prova tem patrocínio da Caixa e Oi com apoio de HCor, Montevérgine, Gatorade e Café 3 Corações, e apoio especial do Governo do Estado de São Paulo e da Prefeitura de São Paulo. A supervisão é da CBAt, FPA, IAAF e AIMS.

Chip descartável

Entrega do kit

Multidão na largada

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Hexa em Juiz de Fora


Devido a correria de fim de ano e também por estar fazendo algumas reformas em casa não estou tendo tempo para atualizar o blog, só por isso demorei postar esta informação que segue abaixo.

Domingo passado cheguei a expressiva marca de seis vitórias na Copa Thiago Machado de Duathlon que acontece anualmente em Juiz de Fora.

Este ano tivemos novamente 2 etapas eu eu tive a felicidade de vencer as duas, desde 2005 quando foi realizada a 1ª edição tenho conseguido a vitória nesta competição e estes resultados me deixam ainda mais motivado para a edição seguinte.

Depois de 6 anos é visível a evolução que esta importante prova sofreu e seus organizadores estão de parabéns principalmente no quesito respeito aos atletas em especial a minha pessoa.

Este ano disputei 9 provas de duathlon incluindo as 2 etapas do Brasileiro em Porto Alegre e Belo Horizonte e na minha opinião a Copa Thiago Machado esta muito a frente das outras competições no quesito organização, parabéns a Vidativa Consultoria.

Agora sigo com os preparativos finais para a São Silvestre e já pensando também na temporada 2011.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Copa Thiago Machado de Duathlon - Final



Neste final de semana acontece em Juiz de Fora a última etapa da Copa Thiago Machado de Duathlon, venci a primeira etapa e amanhã embarco para JF em busca de mais um resultado positivo.


Neste link você fica sabendo de todas as informações do evento. http://www.vidativaconsultoria.com.br/2010/03/04/duathlon-thiago-machado-2010/

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Nesta eu vou

Organização já apresenta novidades para a Maratona de São Paulo de 2011.
Maior e melhor prova da distância do País terá divulgação internacional.
São Paulo (SP) A organização da 17ª Maratona Internacional de São Paulo, a maior e melhor prova da distância do Brasil, já apresenta novidades para a competição. Entre elas, estão o investimento na internacionalização da prova e o trabalho para deixar o percurso ainda mais rápido, com possíveis adequações, entre outras ações. A corrida será realizada dia 19 de junho com largada na Avenida Jornalista Roberto Marinho, no Brooklin, e chegada no Ibirapuera.
A Maratona de São Paulo será divulgada nas feiras internacionais promovidas pelas Maratonas de Nova York, Atenas, Buenos Aires e, no ano seguinte, também na Maratona de Berlim. O objetivo é mostrar São Paulo como uma grande alternativa para os corredores estrangeiros, demonstrando os atrativos da cidade, o complexo trabalho de organização, a excelente visibilidade e a possibilidade de obtenção de boas marcas na capital paulista que tem o melhor percurso do Brasil.
Entre os estudos feitos para a edição de 2011, estão possíveis novas adequações no percurso, a antecipação das largadas em 30 minutos e a manutenção dos prêmios especiais para os atletas brasileiros. A meta é deixar a corrida, que já é a mais rápida da América do Sul, mais veloz ainda.
A Maratona de São Paulo tem o tempo mais rápido feito na América do Sul. Ele foi obtido por Vanderlei Cordeiro de Lima, com a marca de 2h11min19s, na edição de 2002. Este ano, o queniano Stanley Biwott ficou a apenas 2 segundos do recorde.
A prova paulista, a principal maratona do Brasil, têm certificações da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), Associação Internacional de Maratonas e Corridas de Rua (AIMS), Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e Federação Paulista de Atletismo (FPA) para a homologações de percurso, resultados, procedimentos técnicos e principalmente de recordes (tempos mais rápidos na distância de 42.195 metros).
Assim como São Paulo, das maratonas brasileiras somente Porto Alegre e Curitiba obedecem 100% os critérios e as exigências da IAAF/CBAt em termos de percurso com o objetivo de serem suas marcas reconhecidas como recordes nacionais ou da área sul-americana, com base nos critérios de declividade entre largada e chegada no máximo de 1m/km (drop) e de separação entre largada e chegada no máximo de 50% da distância da prova (separation) que é a medida em porcentagem entre o ponto de largada e chegada, medido em linha reta e em escala.
Inscrições abertas - Além da prova de 42.195 metros, o evento terá ainda corridas de 25k e 10k e caminhada de 3k, reunindo no máximo 21 mil inscritos em todas as modalidades. A chegada da maratona e dos 10k serão próximas ao Monumento Obelisco Mausoléu ao Soldado Constitucionalista da Revolução de 1932 e Monumento ao Arquiteto Ramos de Azevedo, no Ibirapuera. A chegada dos 25k ocorrerá na Avenida Escola Politécnica (ao lado do IPT), enquanto a caminhada começará e terminará na Avenida Jornalista Roberto Marinho.
As inscrições para a maratona deverão ser feitas pelo site
www.maratonadesaopaulo.com.br. Até o dia 5 de novembro, a taxa é de R$ 50,00, passando para R$ 55,00 de 6 de novembro a 20 de fevereiro. De 21 de fevereiro a 10 de abril, a taxa será de R$ 60,00 e, se ainda sobrarem vagas, de 11 a 23 de abril, o valor passará a ser de R$ 65,00.
Nos 25k, os valores são os seguintes: até 20 de fevereiro, R$ 40,00; de 21 de fevereiro a 10 de abril, R$ 50,00; e de 11 a 23 de abril R$ 60,00. As inscrições para os 10K custarão R$ 40,00 até 20 de fevereiro e R$ 50,00 de 21 de fevereiro a 23 de abril, enquanto na caminhada o valor será de R$ 40,00 até 23 de abril.
Válida para o Ranking Yescom, para o Ranking CBAt/CAIXA de Corredores de Rua e para o Ranking da Rede Globo/Yescom, a prova é uma realização da Rede Globo, com organização da Yescom. A supervisão está a cargo da IAAF, CBAt, AIMS e FPA, com apoio especial da Prefeitura de São Paulo e do Governo de São Paulo.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Volta da Pampulha 2010 - A prova

Ontem tivemos a mais importante competição do atletismo mineiro, aconteceu em BH a XII Volta Internacional da Pampulha e graças a Deus consegui mais um importante resultado na temporada.

Mostrando o porque são sempre classificados como favoritos em qualquer tipo de prova os africanos venceram no geral masculino e feminino, deixando os brasileiros nos lugares mais baixos do pódio.

Se na elite o bicho pegou no amador (geral) o caldeirão ferveu, pois o calor foi grande e as disputas também.

Ontem na prova marquei minha segunda melhor marca neste percurso, completei a prova com um tempo liquido de 1:00:34" tempo este que me colocou na 33ª colocação geral e pela primeira vez em várias participações venci na categoria 30/34 inclusive foi minha despedida nesta faixa em 2011 estarei na 35/39 é gente o 4.0 esta batendo a porta, mesmo não tendo nenhuma premiação por faixa etária apenas o resultado divulgado no site do organizador fiquei feliz com desempenho pois sei que a prova foi dura de se completar.

Domingo que vem estarei em Juiz de Fora e lá quero fazer outra prova quase perfeita e quem sabe vencer minha 18ª prova na temporada.

Gostaria de agradecer aos companheiros da Acorlaf que sempre vibram bastante com meus resultados ontem recebi telefonemas e mensagens no MSN parabenizando pelo resultado, agradeço também aos meus patrocinadores CLUBE DOM PEDRO II, UNIMED, CENTRALPLAN, PLASTIPEL, BIKE SHOP AVELAR DRUMOND, MERIDA E CHB/HYUNDAI.






sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Novidade para 2011




O mundo do running esteve presente ontem no lançamento das Golden Four ASICS: meias-maratonas organizadas pela ASICS e IGUANA SPORTS previstas para acontecer entre junho e novembro de 2011.

Corredores, atletas profissionais, jornalistas do setor, treinadores e especialistas se reuniram no MIS em São Paulo para conhecerem detalhes do projeto das Golden Four ASICS.

Como o próprio nome já sugere, as Golden Four serão provas sem similar no Brasil: meias-maratonas puras, planejadas com percursos flats e rápidos. O horário de largada? Perfeito para um país tropical: 7h da matina!

As Golden Four ASICS foram planejadas para proporcionar aos corredores brasileiros a mesma sensação de correr uma prova de padrão internacional, da retirada do kit à entrega das medalhas.

A ASICS traz para o Golden Four toda a experiência da marca que patrocina 45 Maratonas todo ano ao redor do planeta, incluindo a maior delas: a Maratona de Nova York.

Datas: As meias-maratonas Golden Four ASICS acontecerão nas cidades do Rio de Janeiro (26/6/2011), São Paulo (7/8/2011), Belo Horizonte (17/7/2011) e Brasília (6/11/2011).

Percursos: Os percursos das Golden Four ASICS serão divulgados ainda no primeiro semestre de 2011.

Inscrições: preços, datas e detalhes para as inscrições estarão disponíveis em nosso site em breve.

Fique ligado! E confira as fotos do evento de lançamento da Golden Four em São Paulo:

http://www.flickr.com/photos/asicsblog/sets/72157625390374295/

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Em fim chegou dezembro.

Agora sim entramos no final de 2010 e consequentemente final de temporada, mesmo estando um pouco cansado farei ainda neste mês 4 provas e depois alguns dias de férias dos treinos e compromissos para poder relaxar recarregar as baterias e pensar em um calendário bem enxuto para 2011.
Hoje comecei a contagem regressiva para meu merecido descanso e ficou assim.
Faltam....
4 dias para a Volta da Pampulha
11 dias para Copa Thiago Machado de Duathlon
18 dias para a rústica de Capela Nova
e 30 dias para a São Silvestre, depois disso e descanso integral.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

XII Volta Internacional da Pampulha



Pois e parece que foi ontem, mas este ano estaremos disputando a 12ª edição da Volta da Pampulha uma das melhores e maiores competições do estado, eu infelizmente não participei de todas as edições mas a do ano passado me recordo bem até hoje pois foi nela que fiz meu melhor tempo, terminei a prova sendo o 36º na geral com um tempo liquido de 59:47" ser sub 1 hora nesta prova não e nada fácil.

Este ano estarei alinhado na lagoa novamente junto com meus amigos da ACORLAF e confraternizando com amigos que só encontramos em corridas deste tipo.

Sigo no domingo para BHz sabendo que não será fácil repetir e ou melhorar meu tempo mas vou tranquilo e com toda certeza farei o possível para ser melhor.

A prova terá transmissão ao vivo na Rede Globo e quem não puder estar lá para acompanhar aconselho que assistam pela TV pois a prova e bem bacana.

Esta semana continuo com os treinos sendo hoje o ultimo treino mais longo 14km.

Neste domingo acontece também um passeio ciclistico aqui na minha cidade que será organizado pelo amigo Avelar e patrocinado pelo CLUBE RECREATIVO DOM PEDRO II meu patrocinador master, infelizmente não poderei estar prestigiando este passeio, pois na Volta da Pampulha tenho ainda mais uma chance de fazer um bom tempo de prova e ir em busca de uma vaga na elite B da São Silvestre.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Vem ai...

Mais detalhes no site;
http://www.vidativaconsultoria.com.br/2010/03/04/duathlon-thiago-machado-2010/

2011 vem ai.


2010 já esta chegando ao fim e assim como muitos atletas já estou fazendo planos para 2011.
Como não sei como ficará a minha situação com meus patrocinadores para a próxima temporada então e difícil definir um calendário, mas alguns detalhes já tenho como certo, em 2011 farei um número menor de provas, este ano já disputei 31 provas e ainda terei mais 4 o que acaba sendo muito desgastante e não me possibilitou fazer uma melhor praparação, talvez este seja também o motivo pela qual me lesionei no meio da temporada.
Também em 2011 quero correr minha segunda maratona e já estou inscrito na de SP, penso em ir na meia de Buenos Aires em setembro espero conseguir atingir este objetivos.
De momento e isso, já tenho várias boas competições em vista e pré agendadas mas terei que aguardar mais um pouco para definir minhas prioridades.

domingo, 21 de novembro de 2010

1ª Meia Maratona Estrada Real


Acabou agora a pouco a 1ª Meia Maratona Estrada Real e eu conquistei mais uma vitória na temporada.

A prova que foi organizada pela Acorlaf foi muito boa e tudo correu perfeitamente inclusive o clima ameno com uma leve chuva em alguns trecho fez com que a sensação de esforço fosse amenizada.

Largamos na cidade de Ouro Branco por volta de 8:30 e o início da prova foi de extrema tranquilidade com um grande pelotão cruzando o centro da cidade completamente compacto, minha tática para esta prova era de seguir tranquilo até o km 11 e só ai começar a forçar um pouco, este percurso e montanhoso e eu não pretendia me desgastar desnecessariamente.

Por volta do km 3 o atleta Altair e André Luiz (Tibita) quebraram um pouco o ritmo e foram pra frente logo Altair se encontrava sozinho e na primeira subida do percurso ele abriu mais de 100 metros como ele e um atleta experiente, conhece o percurso e vem se destacando em provas de 10km então resolvi que não deixaria para depois e logo fui a caça, passei Tibida e um pouco mais a frente alcancei e passei Altair, depois um atleta também muito forte que se chamara Reinaldo e mora em Tiradentes forçou o ritmo em uma longa descida e me alcançou mas neste momento estavamos mais ou menos no km11 foi ai que a prova começou a se decidir pois aumentei o passou e logo veio uma subida de pouco mais de 1km e ai eu ataquei e não fui acompanhado, mais a frente a mais longa subida do percurso 2km bem íngremes subi forte 6:59" e depois disso administrei minha vantagem para completar a prova como campeão geral com o tempo de 1:15:03", Reinaldo foi o segundo e Altair o terceiro.

Agora são duas semanas para a Volta da Pampulha vou concentrar meus treinos apenas em polimento para quem sabe fazer novamente um tempo sub 1hora.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Meia Maratona Estrada Real

Com pensamento fixo na Volta Internacional da Pampulha 2010 farei uma prova treino este final de semana será a Meia da Estrada Real competição organizada pela ACORLAF e que terá apoio das prefeituras de Ouro Branco (largada) e de Conselheiro Lafaiete (chegada) entre outros apoiadores.
Não pretendo forçar nesta prova, pois qualquer descuido pode atrapalhar minha preparação para Pampulha.
No percurso da prova iremos passar por um interessante ponto turístico da região veja abaixo.

Casa de Tiradentes (Fazenda Carreiras)
Um dos pontos turísticos mais importantes de Ouro Branco,
a Casa de Tiradentes faz parte da história da Inconfidência Mineira ,
porque, ali, Tiradentes e os inconfidentes se encontravam.

Também ali, figuras importantes como D. Pedro II pernoitavam
e trocavam de cavalos.

Era um antigo ponto de cobrança de impostos, em ouro,
exigidos pela côrte portuguesa.

Mais conhecida como "Fazenda das Carreiras"
ou "Casa Velha de Tiradentes",
é um belo exemplar da arquitetura do século XVIII.

Segundo a tradição, a Fazenda das Carreiras era um local de criação, venda ou troca de cavalos para aqueles que faziam a viagem desde o Rio de Janeiro até Vila Rica, pela Estrada Real.
Seu nome teria se originado de supostas corridas realizadas para comprovar a qualidade dos animais que eram objeto de venda ou troca.


Tem características típicas da arquitetura rural do período:
paredes de pau-a-pique, telhado entrelaçado com cipó amarrando as estruturas de madeira, pisos de tábua corrida, trancas reforçadas, sala para guarda valores, uma grande varanda contornando todos os cômodos, e uma senzala onde eram acorrentados e castigados os escravos.
Na entrada principal da casa foi preservado o guichê que era utilizado para o comércio do ouro.
Considerado um dos remanescentes mais antigos do caminho que serviu à conspiração mineira contra o império português, o casarão era o local que abrigava as reuniões secretas dos inconfidentes.

Entre as muitas viagens para a difusão dos ideais de liberdade da Inconfidência, Joaquim José da Silva Xavier ( Tiradentes ) esteve várias vezes hospedado na casa, surgindo daí a referência a seu nome.

Atravessando a "Estrada Real", encontra-se o antigo pouso
de tropeiros, também construído em pedra e madeira,
amarrada com embiras, onde se abrigavam os tropeiros comuns
e suas bagagens, enquanto que os visitantes ilustres
se hospedavam na sede da fazenda.

Do "Diário de Viagem de D. Pedro II", na data de 30 de março de 1881, quando da sua segunda viagem à província de Minas Gerais, destaca-se o seguinte trecho:

"Carreiras, casa onde se reuniam os inconfidentes. Vi a mesa e os bancos corridos de encosto, onde assentavam. São de maçaranduba e estão colocados na varanda. Perto do Arraial de Ouro Branco, às 10 horas, vieram me encontrar Gorceix e outros. Gorceix já está um verdadeiro mineiro, e fala corretamente o português."

A "Fazenda das Carreiras" foi tombada como Patrimônio Histórico e Cultural do Município em 18 de novembro de 1997, e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais
em 07 de dezembro de 1999.

E isso ai moçada o esporte também nos proporciona momentos de extrema cultura.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Final Carioca de Duathlon 2010


Mais uma vitória no Rio e mais um título conquistado, agora tenho 4, 2006/08/08/10.

Com a ausência de Hallack e Cristian na disputa desta última etapa as coisas ficaram um pouco mais fáceis na disputa do campeonato porém eu queria também vencer a etapa e assim usei uma tática simples me defender no inicio da prova e tentar definir a nos kilometros finais e foi o que aconteceu.

Largamos 8:30 e logo eu estava na frente para os 4,2km consegui abrir uma vantagem razoável de Tadao que também abriu um pouco para Roniak e Talles, no pedal juntou todo mundo e a marcação foi grande ninguém queria fazer força assim o pedal foi franco média de 38 km por hora.

Entramos na transição juntos e acabei sendo o primeiro a sair, dai coloquei um passo forte e cruzei a linha de chegada na frente para assim conquistar meu 4º título carioca, na prova Tadao chegou em segundo e Talles em terceiro, já no campeonato passei Hallack e Cristian manteve a terceira colocação.

Domingo que vem dia 21 de novembro vou disputar a 3ª meia maratona do ano desta vez será a meia maratona Estrada Real entre as cidades de Ouro Branco e Lafaiete, correr em casa e sempre muito bom mas irei com toda cautela possível pois a Volta da Pampulha esta próxima e não quero me machucar muito menos atrapalhar as semanas finais de preparação.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Final estadual de Duathlon


Este final de semana chega ao fim o campeonato carioca de duathlon na qual me encontro na 2º colocação, os melhores atletas do Rio de Janeiro e alguns de Minas Gerais, Paraná e Espirito Santo estarão presente na decisão do campeonato.
Na minha modesta opinião além de Marcos Hallack e Cristian Cruz que estão em 1º e 3º respectivamente ainda teremos candidatos fortes como Marcio Roniak que venceu uma difícil prova de duathlon também no Rio no domingo passado e ainda vem embalado depois de uma excelente participação no mundial no mês de setembro, teremos também o polivalente Roberto Tdao Couceiro também do Rio de Janeiro e por fim o mineiro de Belo Horizonte Talles Medeiros que e o atual campeão brasileiro de duathlon na categoria 30 a 34 anos e foi top 10 no mundial da Escócia este ano é como se já não bastasse este forte field para a prova de domingo ainda existe grande possibilidade de chuva durante o dia todo, acho que a prova vai pegar fogo.
Eu apesar de estar um pouco extressado com os treinos de bike devido ao volume que já rodei durante toda a temporada sigo com treinos leves para chegar no domingo descansado e tentar ganhar meu 4º título carioca.

domingo, 7 de novembro de 2010

33:04" não foi bom...


Acabou agora a pouco a 9ª etapa do Circuito de Corridas da Caixa em Uberlândia e em um circuito que eu já conheço e inclusive já corri por duas vezes não fiz um tempo bom.
A prova que teve uma distância de 10km teve também segundo o organizador o maior índice técnico do ano até o momento.
Vários atletas que estão entre os top 20 no ranking nacional de corrida de rua estavam presente e eu queria apenas fazer um bom tempo para que servisse de índice para a elite da São Silvestre mas ainda não foi desta vez.
Na prova larguei na elite junto com os esqueleticos e velozes atletas inclusive um africano, só da equiep do Cruzeiro eram 11 atletas o ritimo foi alucinante, veja minhas parciais lembrando que a prova se divide em 4km de leve descida mais 1km plano depois pouco mais de 4km subindo leve e para finalizar uma descida de mais ou menos uns 500metros.
Segue minhas parciais;
Km1 2:50"
Km2 3:00"
Km3 3:04"
Km4 3:12"
Km5 3:22" / 15:30"
Km6 3:28"
Km7 3:31"
Km8 3:33"
Km9 3:32"
Km10 3:27" / 17:31" ruim D+
Bem não foi o ídeal pretendia fazer abaixo de 33 minutos mais isso e reflexo dos treinos, preciso apertar mais na velocidade é vou fazer isso.
Daqui a pouco pego um voo pra casa e amanhã já dou continuidade aos treinos pois domingo que vem tem a decisão do campeonato carioca de duathlon na cidade do Rio de Janeiro.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Lesões no Triathlon

Apesar de não fazer o triathlon vi esta matéria no site Webrun.com.br e achei interessante.
Algumas das lesões mencionadas aqui aparecem também nos atletas do duathlon e ou ciclismo ou corredores, então pessoal fiquem ligados aos sintomas e caso aparça alguma dor ou encomodo procure seu médico.

O esporte e suas lesões
Por David Homsi

O Webrun conta com um novo colunista da seção Fisioterapia, David Homsi, Além disso, ele também já participou de provas de triathlon e por isso sabe muito bem o que os atletas sentem na hora da competição. No seu primeiro artigo ele conta uma breve história do triathlon e lista quais são as principais lesões dessa modalidade. Confira.

São Paulo - O triathlon é um esporte novo e muitos ainda o desconhecem. A palavra “triathlon” vem do latim e significa três combates, já que há três modalidades esportivas em um só esporte: natação, ciclismo e corrida. Este surgiu nos Estados Unidos. Um clube de San Diego dava treinos que tinha unia essas modalidades. Porém a primeira vez que esse tipo de esporte foi visto pelo mundo foi no Havaí na versão Ironman. Um grupo de sócios de um clube havaiano, Waikiki Swin Club, tiveram que cumprir um desafio proposto pelo comandante John Collis, para saber qual homem seria capaz de vencer as três provas: 3,5km natação, 180km bike e 42,195 km de corrida. Na época largaram 15 homens, destes, três terminaram a prova.A partir de 1980 criaram-se distâncias menores, como o short triathlon. No Brasil a modalidade só apareceu em maio de 1983. E em junho de 1991 passou a ser regido pela Cbtri, Confederação Brasileira de Triathlon. Por reunir três modalidades em uma única competição, a prova requer preparo físico e se o atleta não tomar cuidado pode se lesionar.

Overtraining x Overuse
Lesão por overtraining:
o indivíduo malha, malha e não percebe o ganho de massa muscular ou aumento do sistema cardiovascular, daí com bom senso, ele aumenta a dose de exercícios. Assim ao invés de correr 30 minutos, ele corre uma hora e quando começa outra atividade física, para complementar o que já faz, encontramos o primeiro sintoma principal e o primeiro quadro do “overtraining”. Anos atrás isso era exclusivo dos atletas profissionais, mas hoje a realidade é contrária e atinge alunos de academias e atletas amadores.Sintomas: aumento da pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos, diminuição sistema imunológico, insônia , irritabilidade, entre outros.


Lesão por overuse: quando o problema não é o excesso de treino e sim a utilização exagerada de uma única estrutura do corpo. Nos homens isso acontece mais em membros superiores e nas mulheres nos membros inferiores.Sintomas: dor na atividade, dor sem restrição, dor na atividade com restrição e dor crônica incapacitante.

Lesões na natação
Tendinite do Bíceps:
causada principalmente pelo desequilibro muscular entre rotadores externos e rotadores internos (músculos internos da região ombro). Resulta na inflamação da bainha ao longo do tendão, na extremidade superior do bíceps; geralmente manifesta-se com dor direta e hipersensibilidade na área de inserção muscular.

Instabilidade Multidirecional: não é ainda completamente entendida, pois sua fisiologia não é clara. Mas é uma lesão complexa e afeta indivíduos que possuem frouxidão global anterior, inferior e posterior da cápsula articular glenoumeral, que fica no ombro.

Lesões no Ciclismo
Relativamente raras em incidência, mas comumente causada por traumas diretos, overuse de treino ou ajuste ruim da bicicleta.

Dor Anterior no Joelho ( síndrome patelo femoral): dor de início na região peri ou retropatelar que agrava-se em determinadas atividades, por exemplo, subir e descer escadas. Ela ocorre quando se aumenta o treino subitamente, quando há retração da musculatura que age no joelho (mais comuns nos quadríceps) e também quando há fraqueza destas mesmas musculaturas.

Tendinite Patelar: dor ao longo do tendão mais comum ocorre no pólo inferior da patela.
Síndrome da Banda Íleo Tibial: dor na região lateral do joelho (comum em atletas de corrida), esta dor é causada pela fricção da banda no epicôndilo lateral (região lateral do joelho), mais comum nos ângulos entre 30 e 45 graus de flexão. A causa é a biomecânica incorreta da bicicleta, tais como altura selim e rotação da sapatilha no pedal.


Lesões na corrida
Estudos epidemiológicos mostram que a maioria das lesões no triathlon ocorrem na corrida e durante o treino, isto está relacionado diretamente com o efeito acumulativo dos três esportes. O stress e a fadiga causada pela natação e ciclismo pode conduzir o atleta da corrida ao overuse.

Tendinite no Tendão Aquileu: tendão aquileu (tendão calcâneo) é o maior tendão do corpo humano e pode suportar tensões de até 450 kg, as lesões são mais freqüentes em indivíduos entre 30 e 45 anos e isto está associado diretamente com a sobrecarga de treino. Normalmente isso acontece quando há aumento súbito da corrida e velocidade, aclives e declives ao treino, tempo de treino elevado e alterações anatômicas de pé e tornozelo.


Fasciíte Plantar: inflamação da fáscia plantar (planta do pé) de origem traumática; a fáscia plantar é uma estrutura que dá tensão e mantém a arcada óssea do pé estável. A dor da fasciíte é freqüentemente confundida como sendo do esporão calcâneo. O esporão calcâneo faz parte do quadro da fasciíte plantar e se caracteriza por um crescimento ósseo no calcâneo; mas é importante salientar que o esporão não ocorre na fáscia plantar e sim no músculo flexor anterior dos dedos à qual é adjacente à fáscia.

Fote destas informações: www.webrun.com.br
David HomsiConsultor Webrun da seção Fisioterapia. Ministra cursos e palestras em diversas universidades e congressos no Brasil. Fisioterapeuta com experiência internacional e especialista em fisioterapia esportiva pela Sonafe (Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva) e FMU, além de ser mestrando em Ciências da Reabilitação. Professor da pós-graduação da FAGAMMON em reabilitação músculo esquelética esportiva. Hoje está na equipe de medicina esportiva Dr. Osmar de Oliveira. Site: www.davidhomsi.com.br

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Maratona de São Paulo 2011

Pois eh, já tem um tempão que estou programando de fazer minha segunda maratona e desta vez não vou mais adiar, recebi de uma promoção da revista Contra Relógio e Yescom uma inscrição para participar da Maratona de São Paulo 2011 que tem a previsão de acontecer no ínicio de junho então agora e treinar bastante para tentar fazer um bom tempo.
Em 2003 com apenas 3 semanas de treinamento e sem fazer nenhum longão (maior que 1hora/15km) fui inventar de participar da Maratona de Curitiba/PR e não e que consegui completar a prova é com um tempo de 2:50:11" na ocasião fui o 103º na geral e o 25º na categoria 25/29 anos, fiquei feliz mas completamente quebrado custei a me recuperar e posso dizer que nos kilometros finais foi o maior sofrimento que já passei em 13 anos como atleta.
Em 2011 será diferente, não irei fazer planos e nem alimentar expectativas de resultados e ou tempos para esta prova vou focar treinos e muitos treinos para poder tentar passar o ultimo quarto da prova sem quebrar, em Curitiba eu lembro muito bem que nos kilometros finais cheguei a correr a quase 7 min/km caraca era difícil acreditar no relógio mas era a verdade.
Eu sempre que tentava planejar outra maratona me alto sugeria a do Rio de Janeiro porém este empurrãozinho da CR. me ajudou a decidir por SP.
Bom mas por enquanto sigo concentrado na temporada 2010 pois ainda terei pela frente exatamente 8 provas até o fim da temporada.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Panamericano de Duathlon 2010


Neste final de semana irá acontecer em Mar Del Plata na Argentina o Campeonato Panamericano de Duathlon competição que no ínicio do ano era meu principal foco para o segundo semestre, infelizmente entre agosto e setembro fiquei praticamente 45 dias sem treinar devido a uma lesão no pé direito assim fiquei sem condições físicas para participar desta prova, até cheguei a cogitar a minha participação mas quando comecei a cotar a passagem já era tarde demais devido ao feriado de 2 de novembro o custo das passagens subiu consideravelmente e o número de voos e a frequência também diminuíram drasticamente como não posso me ausentar do trabalho por vários dias o jeito foi adiar para o ano que vem minha participação no Pan ou no Mundial que inclusive já tem data 24 de setembro na Espanha.
Bom por hora acho que foi a decisão mais acertada uma vez que depois de descartada a minha ida no Pan pude focar o XTerra de Tiradentes na qual fui bi campeão.
Estaremos representados na Argentina por um forte grupo de Brasileiros e estarei torcendo por todos em especial os irmãos Fábio e Anderson Furlan, Marta, Paulo (todos de Limeira/SP) e para o campeão brasileiro de duathlon elite Alexsander Loiola Gomes (Balman) do Paraná que com todo certeza irá fazer uma prova bem forte, força galera estarei daqui mandando energia positiva para vocês.
Para finalizar a temporada eu ainda terei duas provas de duathlon (Rio e Juiz de Fora) e mais algumas corridas de rua sendo o destaque a São Silvestre.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Planejamento deu certo.


Bem, depois de passada as comemorações do meu êxito em Tiradentes pude analisar minha trajetória antes da prova ou seja meu planejamento e constatei que consegui uma grande evolução após colocar em prática tudo que planejei.

Desde o inicio da temporada quando saiu a data do XTerra Tiradentes eu comecei a metalizar a prova é iniciei o planejamento para uma melhor performance, como nem tudo são flores tive uma lesão no pé direito no inicio de agosto o que me fez ficar de molho dos treinos de corrida um bom tempo, mesmo assim não desanimei e foquei os treinos de mountain bike que acabou por culminar em uma excelente recuperação na Copa Internacional de Mountain Bike e também consegui um top 10 no Mundial de Mountain Bike em Santa Catarina.

Voltei a treinar corrida de verdade só no finalzinho de setembro, dai me concentrei firmemente durante três semanas correndo e pedalando vigorosamente e consegui chegar em Tiradentes confiante mas não convencido de que teria um bom resultado era preciso correr para ver no que iria dar.

Larguei na prova muito concentrado e minha meta foi fazer o máximo de força possível e me manter sempre na frente ou próximo dos lideres, no final acabei por liderar a prova de ponta a ponta e fui o campeão do duathlon com quase 10 minutos na frente do 2º lugar o que mesmo sendo uma boa vantagem ainda não foi suficiente para convencer os críticos pois fui obrigado a ouvir " você ganhou fácil hoje né, mas isso foi porque os feras não estavam presente" caramba venci a prova pela segunda vez e ainda assim recebo criticas e o pior que foi de um amigo.

Bom detalhes a parte ainda estou feliz por ter vencido mais uma prova na temporada e agora seguirei buscando um índice que me coloque no pelotão de elite da São Silvestre 2010, antes da SS terei o enceramento do Carioca de Duathlon no RJ e da Copa Thiago Machado de Duathlon em Juiz de Fora.

Meu próximo compromisso será a 8ª etapa do Circuito Caixa de Corridas de Rua que acontecerá em Uberlândia no triangulo mineiro e como minha esposa Ana Paula e de lá iremos aproveitar para passar um final de semana na casa de nossos familiares, minha meta para esta prova será correr abaixo de 33 minutos os 10km.

Treino de hoje 60km de speed e 17km de corrida cross coutry (estrada de terra)


domingo, 17 de outubro de 2010

Fantástico

"Simplesmente FANTÁSTICO", assim posso simplificar em uma única palavra como foi meu final de semana.
Sábado estive em Tiradentes participando de um dos maiores eventos esportivos do Brasil o XTerra.
Eu disputei dias provas o duathlon cross country e a night trail run e saí com vitória em ambas as disciplinas.
A minha principal meta era vencer o duathlon, pois além de ser minha principal modalidade hoje eu ainda queria manter o título, que em 2009 eu venci e que graças a Deus, ao meu esforço e àqueles que acreditam em mim, voltei a vencer.
Com os termômetros marcando 27 graus logo cedo e uma sensação térmica bem maior, às 10 horas foi dada a largada para 3km de corrida + 32km de mountain bike e para terminar 9km de corrida.
Fiz uma largada forte e já na primeira transição me encontrava na frente, daí coloquei minha estratégia em prática, fazer bastante força e abrir vantagem logo no início para poder ter uma certa tranquilidade no final da prova, pois a última corrida era muito dura porque subiríamos uma trilha chamada "trilha do carteiro" que é extremamente difícil, daí no desenrolar da prova minha estratégia foi dando certo e consegui terminar a prova muito bem e com quase 10 minutos de vantagem para o segundo colocado, foi muita emoção que pude dividir com amigos e principalmente com minha esposa Ana Paula, que é uma peça fundamental no meu rendimento esportivo.
Logo após as comemorações era hora de me concentrar e tentar me recuperar para a night trail run, corrida noturna que percorreria 7km ao entorno da cidade de Tiradentes.
19h. e lá estava eu alinhado para mais um desafio, só que desta vez o calor e o clima abafado deu espaço para um chuvinha que serviu para deixar o percurso muito escorregadio, larguei bem e cheguei a liderar boa parte da prova, no final quase subi novamente no pódio da geral, pois chegamos eu e mais dois atletas no sprint final mas acabei em 4º geral e como o campeão da minha categoria de 30/34 anos, sendo assim venci duas provas bem difíceis em um único dia.
Aproveito para agradecer a meus patrocinadores CLUBE RECREATIVO DOM PEDRO II, UNIMED, PLSTIPEL, CENTRALPLAN e ao apoio de CHB/Hyundai, Bike Shop Avelar Drumond e Merida inclusive minha nova mountain bike Merida com quadro de carbono e freios a disco contribuiu bastante para que eu fizesse o trecho de mountain bike melhor que em 2009.
Abaixo alguns links divulgando meu resultado;
http://www.xterrabrasil.com.br/?act=brazil&nt=104&pg=noticias
http://www.webrun.com.br/triathlon/conteudo/noticias/index/id/11414?pag=1
http://www.mundotri.com.br/2010/10/ernani-souza-conquista-o-bicampeonato-no-xterra-tiradentes/
http://xterrabrazil.blogspot.com/2010/10/percurso-gringo-do-mtb-cup-coroa-rubens.html
Fotos de minhas duas provas no sábado.