segunda-feira, 13 de junho de 2022

Internacional Estrada Real de MTB

 

Final de semana já tem mais disputa.

Mariana sediará a terceira etapa da Internacional Estrada Real Chaoyang de mountain bike é por lá estarei para defender minha liderança na competição.

Após duas etapas disputadas em Itabirito e Ouro Branco sou o atual líder na categoria veteranos.

Neste momento sigo me recuperando pois após o brasileiro de Duathlon passei uma semana de molho porém até domingo (19) tenho certeza que estarei em condições de brigar pelas primeiras posições no pódio.

Vamos ver o que consigo.

                              Camisa de líder

Campeão Brasileiro de Duathlon Sprint 2022

 

Deu tudo certo.

Depois de muita tensão, frio na barriga, incertezas é dúvidas consegui entregar uma grande performance.

Dia 05 de junho de 2022 marcou meu retorno às provas de Duathlon, feliz por ter feito um retorno em grande estilo, marquei o terceiro melhor tempo entre os amadores é venci na minha categoria de idade.

Este resultado me  classificou para o Mundial 2023 que acontece em Ibiza/ESP.

Aproveito para agradecer meu parceiro o Clube Recreativo Dom Pedro II bem como o amigo é parceiro de viagem Daniel Gomes.

Bora seguir focado pois neste mês de junho teremos grandes disputas.






quinta-feira, 26 de maio de 2022

Brasileiro de Duathlon Sprint 2022


Brasileiro de Duathlon Sprint 2022

Depois de 8 anos fora do circuito nacional de duathlon em 2022 estarei alinhado para mais um brasileiro da modalidade, desta vez na distância Sprint.

Após o Brasileiro de Duathlon em 2014 eu me retirei nas disputas nacional buscando focar em outra modalidade, 8 anos depois eu estarei em Barueri/SP no próximo dia 05 de junho buscando reviver os bons momentos nesta modalidade.

A prova vai rolar na distância Sprint sendo 5km de corrida, 20 km de ciclismo fechando com 2,5 km de corrida, como o vácuo durante a etapa de bike será liberado acredito que teremos uma prova extremamente veloz sendo que os primeiros lugares serão ocupados por aqueles que terminarem com tempo inferior a 60 minutos.

Outro fato motivo de felicidade será a o recomeço da minha parceria com o Clube Recreativo Dom Pedro II, em 2020 a parceria havia sido interrompida devido a pandemia mas agora com a retomada dos eventos esportivos voltamos com força máxima em busca de grandes conquistas.

Parceiros para temporada 2022

Clube Dom Pedro II

Bike Shop Avelar Drumond

Link Pro Brasil

UpFit Trail

quarta-feira, 30 de março de 2022

Internacional Estrada Real de Mountain Bike

De volta as competições!!!


Agora com muito mais certeza que os eventos esportivos voltarão a acontecer, iniciei minha preparação para a temporada 2022 inclusive disputei minha primeira prova neste último final de semana, 26 e 27 de março.

A cidade de Itabirito sediou a abertura da Internacional Estrada Real Chaoyang, evento multi esportivo no qual participei na modalidade mountain bike, participei da maratona no sábado e do cross crountry olímpico no domingo, nas duas oportunidades consegui chegar a vitória, sendo que na soma de pontos dos dois dias somei pontos para ser o lider do campeonato na minha categoria, a veterano.
No sábado pra mim foram 40 km de prova, o circuito era todo em estradas de terra no enorno de Itabirito, nesta etapa minha categoria não passou por nenhuma trilha, estas características deixam a prova muito intensa, pois a força bruta prevalece. Minha estratégia para este primeiro dia de prova foi de realizar uma prova em rítmo progressivo, ou seja, largada em um rítmo moderado e acelerações mais fortes depois do km 20.
Minha estratégia deu certo consegui vencer este primeiro dia com uma diferença de tempo razoável para o segundo colocado, depois da prova foi hora de me alimentar e descançar para o dia seguinte.
No domingo foi a vez da prova clássica, o cross country, esta modalidade que é bem dinâmica, devido a largada para um determinado número de voltas ser em um circuito que mistura força, técnica e velocidade no caso da minha categoria foram 3 voltas em um circuito com pouco mais de 3 km.
Diferente do que fiz na maratona de cross country, a meta era acelerar ao máximo desde a largada, ir para frente logo no início se faz necessário para que você não seja travado por atletas mais lentos ao chegar em trechos técnicos, mais uma vez minha estratégia deu certo, liderei a prova de ponta a ponta para subir no lugar mais alto do pódio pelo segundo dia seguido.
Por se tratar da abertura do campeonato e por eu ter vencido as duas primeiras etapas, então já era esperado que eu ficasse com a liderança do campeonato na categoria veterano, durante a premiação do segundo dia recebi também uma "camisa de lider" que irá me identificar na próxima etapa como o atleta a ser batido, pois a camisa é de uso obrigatório na etapa seguinte.
Ao final do dia fiquei feliz com o que consegui entregar em dois dias intensos de disputa, agora focado nos treinamentos porque em abril teremos a abertura da Copa Vertentes de mountain bike aqui na vizinha Lagoa Dourada.

Agradeço meus apoiadores a Avelar Sports, Bike Shop Avelar Drumond e Clube Dom Pedro II além dos veículos de comunicação que sempre divulgam meus resultados.
 

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

Cambotas Trail Fest

 

Só feras neste pódio da Cambotas Marathon
Pronto, saiu do papel.
Valmir Lana conseguiu colocar seu grandioso projeto de realizar a mais forte e disputada competição de trail running em prática.

Foi demais estar em Cocais/MG para competir na Cambotas Trail Marathon, depois de muito tempo sem alinhar em uma prova forte, muito tempo sem ver os amigos é muito tempo sem explorar uma nova trilha posso afirmar que pra mim a Cambotas foi o maior presente desde o início da pandemia.

Com um start list de respeito tínhamos um grande número de atletas em condições de marcar um top 5, uma boa estratégia poderia me colocar em condições de brigar pelo pódio, escolhi ir de menos a mais...

Com uma largada tranquila segui buscabando posições aos poucos, fui literalmente "comendo pelas beiradas" afinal de contas tínhamos 45 km com aproximadamente 2500+
Saí de um top 20 nos primeiros km para terminar em 3º geral com uma performance sólida que me deixou feliz e motivado para um 2022 onde espero que todos nós posamos ter mais oportunidades de nos encontrar em grandes eventos no Brasil.

Parabéns para os organizadores e patrocinadores da Cambotas, pode ter certeza que neste ano estaremos de volta.

Wellington Noronha meu parceiro de perseguição aos ponteiros
Mar de montanhas, mar de Minas

segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

Fiz tudo que era possivel. 🏃🏾‍♂️⛰️

Ponto final em minha mini preparação para a Cambotas Trail Fest.

Longe de estar com a forma física ideal sigo neste instante para Minas Gerais onde no próximo final de semana teremos o que eu acredito ser a corrida de trilha mais forte já realizada no Brasil, nunca antes nosso país teve uma prova com tantos campeões regionais juntos em uma mesma distância, representantes brasileiros em mundiais e também em diversas provas promocionais sejam essas no Brasil e ou exterior. Disputa chapa quente.

Depois de um 2020 praticamente sem treinar, depois de um 2021 na qual passei mais de 6 meses lesionado só me restou dar um choque no corpo em busca de um condicionamento mínimo para este desafio de 45 km.

Sem maiores delongas, vamos com tudo em busca de diversão, confraternização e fechamento de mais uma temporada atípica para o trail nacional.

Ancioso pela prova de sábado.






 

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Em busca da velha forma.

 

Minha principal e única prova importante de 2021 já esta logo alí Cambotas Trail Fest

Sem pensar no que vem pela frente (2022) começo a trabalhar duro para recuperar a velha forma, venho em uma crescente de treinos que vão me levar a uma condição mínima para disputar a Cambotas é ao mesmo tempo me preparar para uma retomanda em 2022 mesmo sem metas clara neste momento.

Para esta reta final antes de embarcar para MG estou seguindo um plano de treinamento desenvolvido por mim, mas com a base que apredi com meu amigo e mestre Guilherme de Agostini.

O ponto crucial desta minha fase de treinamento esta em concentral os altos volumes de rodagem (altos pra mim apenas) em 4 sessões realizadas em 48 horas, isso se mostrou extremamente eficiente pra mim no passado pois eu sempre fico quebrado com treinos longos, minha recuperação é extremamente lenta.

 A única coisa ruim de fracionar o treino é ter que sair de casa 2x ao dia para treinar por vezes não temos tempo disponível para tal.

Para exemplificar veja abaixo um pouco do que me espera até a Cambotas.

26 e 27/11 entre 60 e 70 km / acumulado da semana apenas de corrida +-120km

3 e 4/12 entre 70 e 80 km / acumulado da semana apenas de corrida +-110km

10 e 11/12 entre 90 e 100 km / acumulado da semana apenas de corrida 120km

A Cambotas acontece dia 18 de dezembro em Barão de Cocais/MG até lá espero que minha bateria esteja com pelo menos 75% de carga pois se eu quiser entrar em um top 10 precisarei de muita energia o start list esta dos mais cabulosos.

Um detalhe importante que poucas pessoas sabem, eu utilizo indicadores pessoais para avaliar minhas possibilidades de uma boa performance são eles, tempo no 10km contra o relógio, peso corporal e nível de motivação este último esta 100% associado com meu nível de felicidade (não confunda felicidade com alegria).

TEMPO: Meu tempo hoje nos 10 km é desconhecido, em maio corri na casa de 33min mas muita coisa já aconteceu desde então me impossibilitando de seguir em busca de 32min, amanhã farei um teste, o numero mágico aqui sub 33min.

PESO: Estou um pouco acima do meu peso porém nas últimas duas semanas perdi 2,6kg mesmo me jogando nos chocottones. Meu número mágico é 59kg mas acredito que vou pra MG com 60kg.

MOTIVAÇÃO: Esta estou trabalhando para reestabelece-lá.

Então é isso, que venha a Cambotas Trail Fest.

#VamoDaleParaNãoTomale

/

terça-feira, 23 de novembro de 2021

Poa Day Run #2

 

Dia 21 de novembro rolou aqui em Porto Alegre a segunda etapa da Poa Day Run circuito de corrida de rua que acontece anualmente na capital gaúcha.

Nesta etapa tivemos as diastâncias de 3, 5, 10 e 21 km, para este retorno de provas fui inscrito na distância de 5 km.

Sob um calor quase que de verão ás 8h foi dada a largada, minha meta era fazer força o máximo possível mas também curtir a prova para tal levei minha gopro para registrar alguns momentos.

Mesmo em uma posição favorável de largada me enrolei nos segundos iniciais ficando encaixotado em meio a atletas mais lentos, logo que consegui uma brecha fui pra frente passando o km 1 para 3'20'' isso tava forte hein.

Dai em diante fomos encontrando atletas de outras distâncias que fcaram para trás e logo tudo virou uma sessão de zig zag.

Eu consegui alcançar e ultrapasar o atleta que liderava a prova porém não fui capaz de sustentar o ritmo que ele impós ao me ultrapassar desta forma seguimos muito próximos até a chegada onde eu fechei na segunda colocação geral com um tempo de 16'58'' pra mim foi um bom resultado.

<iframe height='405' width='590' frameborder='0' allowtransparency='true' scrolling='no' src='https://www.strava.com/activities/6290114138/embed/e07c6cda9964129fe5f04d600e5475a73a1e73e0'></iframe>

Resultado clique aqui

Para fechar o ano tenho a disputa da Cambotas Trail Fest em Barão de Cocais/MG a prova acontece em dezembro, vamos para próxima.


El Cruce de Los Andes 2021

 

IXX Edição do El Cruce de Los Andes

Entre os dias 02 e 07 e dezembro acontece mais uma edição do El Cruce de Los Andes, prova de trail running disputada na Cordilheira dos Andes entre Argentina e Chile na qual fui campeão em 2015.

Nesta semana recebi um contato da organização solicitando minha confirmação final na atual edição uma vez que falta bem pouco tempo, infelizente não conseguirei participar mas espero que tudo seja espetacular como nas edições onde pude alinhar.

Vamos trabalhar para que em 2022 e ou 2023 eu possa alinhar mais uma vez nesta prova que é uma das  minhas favoritas.

Todo sucesso do mundo para a organização e participantes do El Cruce 2021

quarta-feira, 17 de novembro de 2021

Principal meta para 2022

 

2021 acabando chegou a hora de pensar em 2022 com isso sem muita dificuldade já estabeleci minha principal meta para a próxima temporada.

Já tem um tempo que eu venho alimentando o sonho de correr uma maratona com tempo sub 150 minutos ou 2h29min59seg, como sou um atleta multi modalidades sempre tenho dificuldades em realizar uma preparação adequada e focada em um plano consistente de treinamento visando a melhor performance na maratona, o melhor que já fiz foi uma concentração de 7 semanas focado na corrida para no final terminar os 42 km com tempo de 2h31min24seg.

Hoje não possuo nenhum tipo de patrocínio ou apoio, com meus recursos próprios fica inviável participar de muitas provas assim decidi que passarei o ano focado apenas no treinamento para uma ou duas maratonas, a idéia é ir ao Rio onde consegui meus melhores tempos Buenos Aires seria a segunda opção, porém preciso conseguir um apoiador.

Já não sou nenhum garoto sigo ainda com este sonho porque me sinto capaz de conquistar este feito outra coisa que cota a meu favor é "meu histórico de atleta" abaixo meus tempos nas 7 maratonas que disputei na rua.

16/11/03 Curitiba 2:50:11.

09/10/11 Buenos Aires 2:45:20.

27/07/14 Rio de Janeiro 2:31:24. RP

12/10/14 Buenos Aires 2:34:23.

12/06/16 Porto Alegre 2:32:39.

03/06/18 Rio de Janeiro 2:32:37.

25/08/19 Florianópolis 2:35:27.

Então é isso, vamos com tudo para mais duas maratonas.

Será que conseguirei meu tão sonhado sub150min ?